Copersucar suspende oferta pública inicial de ações, diz fonte

A Copersucar, a maior comercializadora brasileira de açúcar e etanol integrada à produção, suspendeu na terça-feira a sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) devido a condições adversas de mercado, afirmou à Reuters uma fonte com conhecimento da situação.

REUTERS

19 de julho de 2011 | 21h41

A fonte, que pediu para não ser identificada porque a transação ainda está em andamento, não especificou quando os planos de IPO serão retomados.

Representantes da Copersucar não puderam ser imediatamente contatados para comentar a informação.

A companhia, que foi uma cooperativa até 2008, tem a exclusividade na comercialização dos volumes de açúcar e etanol produzidos por quase 50 unidades produtoras sócias, localizadas nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás.

Além disso, a empresa comercializa a produção de açúcar e etanol de cerca de 50 unidades produtoras não-associadas.

As empresas associadas à Copersucar processam cerca de um quarto da produção de cana do centro-sul do Brasil, região que responde por 90 por cento da safra nacional.

Na última safra, a empresa comercializou 5,2 milhões de toneladas de açúcar, ou 10 por cento do mercado mundial de livre comércio, segundo a companhia.

(Reportagem de Guillermo Parra-Bernal)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCOPERSUCARADIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.