Copesul quer dobrar venda de gasolina em 2002

A Companhia Petroquímica do Sul (Copesul) pretende dobrar a venda de gasolina este ano, informou hoje seu diretor de relações com investidores, Bruno Piovesan. A empresa começou a produção do combustível em 2000 e tem uma capacidade instalada de 15 mil metros cúbicos por mês. O objetivo, disse o diretor, é chegar ao final de 2002 com a venda de 30 mil metros cúbicos/mês, ampliando sua capacidade e disputando espaço com os demais fabricantes no mercado gaúcho e de outros Estados.Em 2003, a Copesul espera dobrar novamente esta marca, o que exigirá investimentos complementares, disse Piovesan, sem detalhar os recursos necessários. ?Para crescer, a companhia aplicará em logística e expansão de mercado?. A produção de gasolina é obtida a partir de nafta importada da uruguaia Ancap e o volume adquirido não foi informado. Piovesan disse que uma das metas traçadas pela Copesul em 2002 é consolidar sua posição no mercado de combustíveis. Dentro desta perspectiva, a empresa avalia sua entrada no setor de diesel, revelou o diretor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.