Copom confirma expectativas e eleva Selic a 9% anuais

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central confirmou na noite desta quarta-feira, 28, uma decisão amplamente esperada pelo mercado financeiro e elevou o juro básico da economia brasileira pela quarta vez consecutiva. Em decisão unânime, o Copom determinou outra alta de 0,5 ponto porcentual, terceira vez nessa dimensão, subindo a Selic para 9,0% ao ano.

AE, Agencia Estado

28 de agosto de 2013 | 19h46

A ata deste encontro da autoridade monetária será conhecida na quinta-feira da semana que vem, 5, e o próximo encontro do Copom, o penúltimo do ano, está marcado para 8 e 9 de outubro.

Quando a presidente Dilma Rousseff assumiu o governo, em 2011, a economia brasileira passou por um ciclo de aperto monetário que levou a Selic ao pico de 12,5%. Na sequência, houve uma trajetória de afrouxamento, que acomodou a taxa em 7,25% ao ano em outubro do ano passado, o menor degrau dos juros da história do País. O aperto monetário foi retomado em abril deste ano, quando a Selic avançou a 7,5% anuais, em alta persistente desde então.

Tudo o que sabemos sobre:
Copom

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.