Copom faz Bear Stearns rebaixar recomendação para Bovespa

O banco de investimentos Bear Stearns rebaixou a recomendação para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) de "overweight" (acima da média da carteira de investimentos) para "marketweight" (na média da carteira de investimentos) na revisão da sua carteira de ações de países emergentes.O estrategista-chefe de bolsas para mercados emergentes do Bear Stearns, Thierry Wizman, disse que o principal motivo para a redução na exposição à bolsa brasileira foi a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter a Selic, a taxa básica de juros da economia, inalterada em 16% ao ano. Além disso, Wizman disse que não vê nenhum catalisador até o final do ano que venha deflagrar uma recuperação da bolsa brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.