Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Copom: repique da inflação vem da demanda ou é pontual?

Começa hoje a reunião do Copom, uma das mais difíceis dos últimos tempos. Além da crise externa, é fato que os últimos dados de inflação têm assustado e devem influir pesadamente no encontro. O IGP-M de julho fechou em 0,98%, ante 0,28% no mês anterior. O IPCA-15 de agosto subiu de 0,24% para 0,42%. E o IPC-S de agosto teve alta de 0,37%, ante aumento de 0,26% em julho, maior resultado desde janeiro de 2006. Todos acima das expectativas.Há quem acredite que este é um fenômeno pontual, por estar muito influenciado pela alta dos preços de alimentos. Outros, porém, acham que se trata de inflação de demanda. O fato é que as projeções medidas pela Pesquisa Focus estão em alta há quatro semanas: passaram de 3,75% para 3,92%, acompanhadas de um aumento da projeção para crescimento do PIB - de 4,64% para 4,70% - e para a expansão da produção industrial - de 4,89% para 4,96%. O que daria razão para quem vê pressão de demanda.Heron do Carmo, professor da FEA-USP, está entre os que consideram o fenômeno pontual. E, por isso, não vê motivos de preocupação. ''''O que vem pressionando os preços de alimentos são problemas na oferta mundial em um cenário de forte pressão de demanda'''', diz. Mas esse é um problema sazonal, destaca, pois, como já defendia o economista Affonso Celso Pastore em sua tese de doutorado em 68, a oferta responde a preços. ''''Preços maiores são um estímulo ao aumento de produção em todo o mundo. Isso até pode não trazer os preços de volta ao que eram, mas certamente vão parar de subir.'''' Ou seja, os preços dos alimentos vão influenciar sim a inflação deste ano, mas não há razão para que afetem também no ano que vem.O que leva a outra questão: o cálculo dos índices de inflação. Defendendo a alternativa adotada pelo BC americano, que tirou petróleo e alimentos do cálculo, Heron do Carmo acredita que a inflação de 2007 deve ficar sim acima da do ano passado, mas dentro do centro da meta. Ou até abaixo - ''''os esquemas de indexação estão acabando'''' -, o que continua justificando a queda dos juros.IMPRESSÃO DIGITALO Grupo de Estudos de Direito Concorrencial da Fiesp, coordenado pelo ex-presidente do Cade João Grandino Rodas, está avaliando o substitutivo do deputado Ciro Gomes, que atualiza a lei de concorrência. Os empresários querem uma alteração no item que estabelece a regra da submissão dos atos de concentração às autoridades concorrenciais antes de consumado o negócio. Embora positiva, consideram que a regra geral da chamada ''''apresentação prévia'''' não prevê exceções no prazo de 180 dias para a decisão dos órgãos responsáveis.Com isso, diz Rodas, as empresas brasileiras podem ficar impedidas de participar de leilões internacionais.VAI UMA 51?Os ânimos estiveram exaltados na última sexta-feira em São Paulo, durante reunião do Conselho de Administração da Companhia Müller de Bebidas, mais conhecida pelo seu principal produto, a Caninha 51.Ex-conselheiros, afastados do conselho por determinação judicial, tentaram, juntamente com Benedito Augusto Müller, detentor de 40% das ações da empresa, impor a todo custo sua presença, apelando até para gritos.MENORES NA FRENTEAs pequenas e médias empresas brasileiras que mais cresceram em receitas líquidas entre 2004 e2006 têm se expandido bem mais do que a economia do País. Enquanto o PIB avançou 3,7% em 2006, as PMEs que mais cresceram no período apresentaram crescimento médio de 15% ao ano.É o que aponta estudo da Exame PME/Deloitte das 100 empresas que mais cresceram no País nos últimos três anos. O estudo completo será apresentado hoje, no Hotel Unique, em São Paulo.MENOSAo anunciar, semana passada, o segundo levantamento para a safra de cana 2007/08, a Conab admitiu que a exportação de álcool este ano deverá chegar, com sorte, aos 4 bilhões de litros. Bem aquém da estimativa inicial de 6 bilhões de litros. ''''Não conseguimos ganhar mercados no exterior'''', resumiu Wellington Teixeira.QUEM VEMJoão Paulo dos Reis Velloso comanda, amanhã, o 1º Fórum de Mercado de Capitais, organizado pelo Ibmec. Vão analisar o desempenho e a funcionalidade do mercado de capitais brasileiro e propor soluções.A serem incluídas no Plano Diretor do Mercado de Capitais.ESQUECERAM DE MIMA Petrobrás e a Transpetro, ao que parece, esqueceram-se do terminal ferroviário de embarque de álcool de Sertãozinho, por onde, até 98, passava o trem que levava álcool para Brasília. Com a inauguração do poliduto, o local foi abandonado e os tanques, que ainda valem cerca de R$ 400 mil cada um, estão apodrecendo.Enquanto isso, falta tanque de estocagem de álcool na região.PASMACEIRARealmente, o mundo financeiro não existe sem os EUA.Com o feriado do Dia do Trabalho, ontem, por lá, tanto a Bovespa como a BM&F operaram metade do volume habitual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.