Coréia do Sul fecha com queda de 0,79%

A bolsa sul-coreana encerrou a semana em baixa de 0,79%, com a decisão dos investidores estrangeiros de vender suas ações, pela primeira vez no mês. O mercado taiuanês sofreu retração de 0,57%, sua a quarta queda consecutiva, motivada pelos protestos políticos marcados para o final de semana e em antecipação à divulgação dos resultados das empresas listadas na bolsa. Nas Filipinas, o pregão encerrou o dia em baixa de 0,08%, em razão de correção técnica, depois dos ganhos recentes. O Nikkei 225 fechou estável, em alta de 0,01%. Segundo analistas, o movimento de realização de lucros e ajustamento de posições levaram ao resultado.Não houve negociações hoje na Malásia e em Cingapura pois é feriado nacional nesses países. Às 4h40 (horário de Brasília), as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -0,81%; Indonésia: -0,41% e Tailândia: +0,65%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.