finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Coréia do Sul mantém inalterada taxa de juros

O Comitê de Política Monetária do Banco Central da Coréia do Sul (BOK) manteve, nesta quinta-feira, a taxa de juros do país em 5%, como era esperado pelo mercado. Em comunicado, o BC afirma que a economia doméstica deverá manter sua tendência de crescimento. A expansão do investimento tem diminuído de forma lenta, mas as exportações continuam a apresentar um crescimento robusto e o consumo privado mostra que tem mantido o seu ritmo de elevação. O BC alertou, no entanto, que a incerteza a respeito do futuro desenvolvimento da economia está aumentando principalmente devido a alta do preço do petróleo e da prolongada intranqüilidade no mercado financeiro internacional.Ainda segundo o relatório, embora os preços ao consumidor permaneçam estáveis, as pressões inflacionárias estão crescendo principalmente por causa da alta do petróleo. A tendência de elevação dos preços do setor imobiliário foi contida. Nos mercados financeiros, há ampla liquidez e a concessão de empréstimo pelos bancos continua a apresentar um aumento constante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.