Coréia inicia semana em queda, seguindo Wall Street

A bolsa de Seul caiu 1,85% nesta segunda-feira por causa da realização de lucros estimulada pela queda de 0,51% do índice Dow Jones e de 0,93% do Nasdad no último pregão da semana passada. O Nikkei 225 do mercado japonês também sucumbiu ao resultado nos EUA e encerrou o dia em queda de 0,74%. Os papéis da NEC tiveram desvalorização de 4,3%. Nas Filipinas, a semana mais curta (a bolsa não funciona na quinta e sexta-feira e só volta na quarta-feira da semana que vem) faz com que muitos investidores fiquem fora do mercado no período. Como conseqüência, Manila caiu 0,31%. Já Taiwan registrou alta de 1,28%, com as compras realizadas por investidores institucionais, que querem provocar a alta das ações antes do fechamento do trimestre. Além disso, a taxa de desemprego caiu pela primeira vez em 18 meses com o aumento da demanda externa por telefones celulares e chips, auxiliando no desempenho da bolsa. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -0,61%; Indonésia: -0,71%; Malásia: -0,67%; Tailândia: +0,20% e Cingapura: -0,13%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.