carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Corpo do banqueiro Olavo Setubal é cremado nesta quinta

Presidente do Itaú faleceu na manhã de quarta-feira, aos 85 anos, de insuficiência cardíaca

Agência Estado

28 de agosto de 2008 | 09h22

O corpo do banqueiro e político Olavo Setubal foi cremado em cerimônia privativa para os familiares nesta quinta-feira, 27. O presidente do Itaú faleceu na manhã de quarta-feira, aos 85 anos, de insuficiência cardíaca. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês. Veja também: Setubal foi um dos grandes empreendedores do País, diz Lula Os fatos mais importantes da vida de Olavo Setubal Galeria de fotos  O velório foi realizado no Centro Empresarial Itaúsa, no bairro do Jabaquara, zona sul da capital. Olavo Setubal deixa a esposa, Daisy Setubal, e os filhos Paulo, Maria Alice, Olavo Jr., Roberto, José Luiz, Alfredo e Ricardo, noras e 19 netos. Setubal dirigiu o Banco Itaú, que começou com Banco Federal de Crédito, fundado por seu tio, Alfredo. Ele foi também prefeito da cidade de São Paulo em 1975 e ministro das Relações Internacionais no governo de José Sarney, durante 11 meses. Em 1988, Setubal se aposentou da direção do Itaú e passou a presidir a Investimentos Itaúsa, holding do grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
Olavo SetubalItaú

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.