coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Correção do FGTS movimenta agências no Rio

O movimento nas agências da Caixa Econômica Federal no Rio ficou acima do normal hoje, primeiro dia de pagamento dos créditos complementares do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) referentes às diferenças dos planos econômicos Verão e Collor I. Hoje, foi a vez dos trabalhadores que têm até R$1 mil de crédito para receber seu dinheiro. O movimento maior, entretanto, foi nos nove Postos de Atendimento Temporários (PAT) da Caixa, onde os trabalhadores estão tirando dúvidas e obtendo informações. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição no Rio, não foi necessário montar um esquema especial de atendimento nas agências, já que muitos trabalhadores optaram, no Termo de Adesão, pelo crédito em conta, podendo sacar o dinheiro diretamente nos terminais de auto-atendimento da rede bancária ou nos quiosques da rede 24 horas.Os PAT começaram a funcionar no dia 2 de abril de 2002 e têm atendido cerca de seis mil trabalhadores por dia. Eles ficam localizados em Niterói, Bangu, Nova Iguaçu, Ramos, Centro, Copacabana, Cachambi, Duque de Caxias e Barra da Tijuca e funcionam de 8h às 10h. A Caixa tem 144 agências no Estado do Rio, sendo 73 no município.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.