Correção: Fiscais terão de liberar mercadorias do Sul

A nota enviada anteriormente continha um erro no título. A informação no texto está correta. Segue a nota com a correção.Porto Alegre, 16 - A Justiça Federal determinou hoje que os auditores fiscais da Receita Federal de Uruguaiana liberem todas as mercadorias dos associados do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (CIERGS). A entidade já tinha liminar em Caxias do Sul e em Rio Grande, ambas localizadas no Estado do Rio Grande do Sul. Em Uruguaiana, o Porto Seco está superlotado com 867 caminhões no pátio esperando liberação. Alguns veículos estão há mais de 20 dias parados. A greve dos auditores da Receita foi iniciada em 18 de março e não tem previsão de término.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.