finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Correção: governo economiza R$ 13,818 bi em outubro

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção na última linha. A dívida bruta do governo geral, em setembro, somou R$ 1,962 trilhão. Segue abaixo a versão corrigida do texto:

FABIO GRANER E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

26 de novembro de 2009 | 11h38

As contas do setor público apresentaram, em outubro, um superávit primário (economia do governo para o pagamento dos juros da dívida pública) de R$ 13,818 bilhões. O valor ficou abaixo dos R$ 18,731 bilhões verificados em outubro do ano passado, mas bem acima do déficit de R$ 5,763 bilhões em setembro deste ano. O governo central (que reúne Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) contribuiu com um saldo positivo de R$ 11,377 bilhões no mês passado. Já os governos regionais registraram superávit de R$ 2,021 bilhões, enquanto as empresas estatais economizaram R$ 419 milhões.

No acumulado do ano até outubro, o setor público registra superávit de R$ 51,531 bilhões, o equivalente a 2,06% do Produto Interno Bruto (PIB). Em igual período de 2008, a economia do governo para pagamento de juros foi de R$ 128,203 bilhões, o equivalente a 5,33% do PIB. O governo central, de janeiro a outubro deste ano, tem superávit de R$ 29,895 bilhões (1,19% do PIB), os governos regionais acumulam saldo de R$ 20,963 bilhões (0,84% do PIB) e as empresas estatais têm superávit de R$ 673 milhões (0,03% do PIB).

Total da dívida

A dívida líquida do setor público registrou uma leve queda em outubro em relação a setembro, passando de 45% do PIB para 44,8%. Em termos nominais, no entanto, a dívida líquida subiu de R$ 1,325 trilhão para R$ 1,330 trilhão.

Já a dívida bruta do governo geral (composto por governo federal, governos estaduais e municipais, com exclusão do Banco Central e de empresas estatais) atingiu, em outubro, 66,8% do PIB. Em setembro, ela estava em 66,6%. Em termos nominais, a dívida bruta somou em outubro R$ 1,983 trilhão, ante R$ 1,962 trilhão em setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
contas públicassuperávitBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.