Correção: IBGE: desemprego fica em 5,3% em dezembro

A nota enviada anteriormente possui uma incorreção. Pelos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a renda média real caiu 0,7% em dezembro ante novembro - e não subiu, como foi informado anteriormente. Segue novamente o texto, corrigido:

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

27 de janeiro de 2011 | 12h44

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 5,3% em dezembro de 2010, ante 5,7% em novembro do ano passado, segundo informou hoje a instituição, em sua Pesquisa Mensal de Emprego (PME). Em dezembro de 2009, a taxa de desemprego foi de 6,8%.

O resultado do último mês de 2010 é o menor da série histórica. O resultado de dezembro ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas, que projetavam taxa entre 4,80% a 5,60%. A mediana das previsões estava em 5,00%.

O rendimento médio real (descontada a inflação) dos trabalhadores registrou variação negativa de 0,7% em dezembro de 2010 ante novembro do ano passado. Houve alta de 5,9% na comparação com dezembro de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregoempregoIBGEcorreção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.