Correção: IBS: produção de aço bruto cresceu 8,1%

A nota veiculada anteriormente contém um erro referente à produção de aço em fevereiro, conforme dados do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS). A produção de aços longos somou 850 mil toneladas, com aumento de 17,9% sobre fevereiro de 2007. Já nos planos, a produção atingiu 1,19 milhão, com aumento de 1,7%. Abaixo, o texto, já com a informação corrigida.Rio, 24 - A produção de aço bruto cresceu 8,1% em fevereiro deste ano ante igual mês do ano passado, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS). Em fevereiro de 2007, foram produzidas no País 2,5 milhões de toneladas de aço bruto e em igual mês deste ano a produção totalizou 2,7 milhões de toneladas.Ainda de acordo com o IBS, a produção de laminados cresceu 7,9% no período, na mesma base de comparação, passando de 1,88 milhão de toneladas para 2,03 milhões de toneladas; a de aços longos somou 850 mil toneladas, com aumento de 17,9% sobre fevereiro de 2007. Já a produção de aços planos atingiu 1,19 milhão, com aumento de 1,7% no intervalo de 12 meses.VendasJá o volume total das vendas (mercado interno e externo) do setor siderúrgico bateu novo recorde em fevereiro deste ano, com 2,74 milhões de toneladas, superando o desempenho de dezembro de 2007 (2,68 milhões de toneladas). As vendas internas de laminados em fevereiro "mantiveram a positiva atuação verificada em janeiro", atingindo 1,75 milhão de toneladas (28% superior ao mesmo mês de 2007). Segundo o relatório do IBS, "o desempenho crescente dos setores automotivo e da construção civil traduzem o bom momento da economia como um todo. Em fevereiro, assim como em janeiro, as vendas internas do setor siderúrgico foram recordes em relação aos mesmos meses de anos anteriores".No que diz respeito às vendas externas, o balanço do IBS revela que, "devido ao aumento da capacidade instalada", as vendas para o mercado externo somaram em fevereiro deste ano 925 mil toneladas - das quais 64% em produtos semi-acabados -, o que representa um aumento de 1,7% ante igual mês de 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.