Correção: Itaú prevê juros de um dígito nos cartões

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção: a taxa média de juros praticada para clientes e não clientes do Itaú Unibanco está em 5,5% ao mês, e não em 5,9%. Segue a nota corrigida:

ALTAMIRO SILVA JUNIOR E ALINE BRONZATI, Agencia Estado

25 de setembro de 2012 | 18h13

O Itaú Unibanco terá taxas de juros máximas de um dígito no cartão de crédito para todos os clientes até o final do ano, afirmou nesta terça-feira o presidente executivo do banco, Roberto Setubal.

Para quem é correntista do banco, os juros máximos já caíram para menos de 10% neste mês. A taxa média praticada para clientes e não clientes está em 5,5% ao mês. A taxa máxima para não clientes está em 13,9%.

Setubal disse que, no orçamento que o banco desenhou no ano passado para 2012, o Itaú já previa juros menores no crédito. O executivo participa nesta terça-feira de reunião com analistas e investidores da Apimec.

Tudo o que sabemos sobre:
jurosItaú Unibancocartões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.