Correção: Merck lucra ? 239 milhões no 1º trimestre

O texto enviado anteriormente contém incorreções na conversão de euros para dólares. Segue o texto com os valores corrigidos:A companhia química e farmacêutica Merck disse que voltou a registrar lucro líquido no primeiro trimestre deste ano, após anunciar uma perda de 8,3 milhões de euros (US$ 13,2 milhões) no ano passado, quando foi afetada pela alta do pagamento de juros sobre dívidas e baixas contábeis relacionadas à aquisição da Serono no início de 2007.O lucro líquido alcançou 239,1 milhões de euros (US$ 381,6 milhões) no trimestre, bem acima das estimativas dos analistas de 206 milhões de euros (US$ 328 milhões).A receita durante os três primeiros meses de 2008, que inclui pagamento de royalties feitos pela Merck, subiu 8,3%, para 1,86 bilhão de euros (US$ 2,97 bilhões), ante 1,72 bilhão de euros no ano passado.O crescimento foi conduzido por todas as divisões, disse a companhia. Seu principal medicamento, a droga Erbitux, usada no tratamento de câncer, registrou um aumento de 33% nas vendas. Os analistas previram vendas totais de 1,82 bilhão de euros (US$ 2,91 bilhões).A empresa espera uma alta entre 5% e 9% da receita em 2008. Para os resultados operacionais, a expectativa é de crescimento porcentual de dois dígitos. A companhia também prevê elevação entre 23% e 25% da margem operacional, excluindo a amortização e os custos de integração da Merck Serono.A Merck espera um crescimento da receita na divisão Liquid Crystals entre 5% e 10%, e uma margem operacional entre 47% e 52%. O crescimento da receita da divisão Merck Serono deve ficar entre 7% e 11% e a margem operacional, excluindo a amortização e custos de integração, está estimada entre 23% e 27%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.