Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Correção: novo salário mínimo será de R$ 414,00

A nota enviada anteriormente contém um erro. O salário mínimo atual é de R$ 380,00 e não de R$ 384,00, como foi informado. Segue o texto corrigido:Uma edição extra do Diário Oficial confirma, ainda hoje, o valor de R$ 414,00 para o novo salário mínimo que vigora a partir de amanhã, dia 1º de março. O salário mínimo atual é de R$ 380,00. O porcentual de reajuste é baseado nas regras firmadas em acordo com as centrais sindicais, no ano passado, e considera o correspondente a expansão de 3,75% do Produto Interno Bruto (PIB), verificada em 2005, acrescida da variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de fevereiro de 2007 ao mesmo mês de 2008. O aumento se dará por meio de medida provisória, necessária porque o projeto de lei que formalizou o acordo entre governo e centrais sindicais não foi aprovado a tempo pelo Congresso. O novo valor foi acertado hoje por meio de uma teleconferência entre os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo, após os cálculos da variação do INPC. A proposta de Orçamento da União, em votação no Congresso, define o valor do mínimo em R$ 412,40, já que considerou apenas uma estimativa para o INPC dos últimos 12 meses.

BEATRIZ ABREU, Agencia Estado

29 de fevereiro de 2008 | 19h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.