seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Correção: Venda de material de construção cresce 13,8%

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção no último parágrafo. As vendas de materiais de construção de base cresceram 15,6% e não de 13,8%. Segue a nota corrigida:

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

19 de abril de 2013 | 15h50

As vendas da indústria de materiais de construção no País cresceram 13,8% em março na comparação com fevereiro, e tiveram leve alta de 0,2% em relação a março de 2012. No acumulado do primeiro trimestre, as vendas aumentaram 1,7% ante os mesmos meses de 2012, segundo pesquisa publicada nesta sexta-feira, 19, pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

A Abramat informou que o crescimento de 1,7% nas vendas no primeiro trimestre está abaixo da previsão de alta de 4,5% para o ano de 2013. "Se não houver uma reação positiva nos próximos dois meses, iremos reavaliar essa projeção para o ano", disse a associação, em nota.

Segundo a Abramat, o crescimento projetado só será alcançado se houver medidas de estímulo ao setor, como a desoneração do ICMS pelos Estados e o aumento dos investimentos em infraestrutura, com obras ligadas às concessões de portos, aeroportos e rodovias. A indústria de materiais também conta com manutenção da política de estímulo ao consumo e com os níveis de emprego e renda da população.

Em março, as vendas da indústria foram puxadas pelos materiais de base, como areia, cimento e vidro, que cresceram 15,6% em março ante fevereiro e 0,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já a comercialização de materiais de acabamento, como cerâmica, tinta e iluminação, avançou 11,8% na comparação mensal e 0,5% na anual. O número de trabalhadores empregados na indústria de materiais de construção subiu 1,0% de fevereiro para março. No ano, porém, houve baixa de 1,1%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.