Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Correios retomam negociações para tentar sustar greve

A direção dos Correios retomou ontem as negociações com o sindicato dos trabalhadores em greve. Do lado do governo, o ponto de partida é a proposta reapresentada pela empresa na semana passada, que prevê reajuste de 6,87%, aumento real de R$ 50,00 e abono de R$ 800,00.

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2011 | 03h04

Esta é a oferta feita pelo governo desde antes do início da greve. A reunião de ontem não foi conclusiva e deve ser retomada hoje, segundo nota divulgada pela estatal. O acordo é dificultado pelo fato de os Correios estarem determinados a descontar os dias parados. Os trabalhadores querem reverter essa decisão.

Em razão da greve, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) vai adotar medidas emergenciais. A fiscalização dos veículos de placa final 3, 4 e 5 terá como base o licenciamento vencido em 2010, até que os serviços de entrega dos Correios sejam normalizados. / KARLA MENDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.