seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Correntista terá seguro contra fraude eletrônica

A Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP), que será responsável pela compensação e liquidação em tempo real dos pagamentos bancários, assinou com a seguradora Lloyds uma apólice de seguros de R$ 25 milhões. O contrato servirá para dar proteção aos correntistas caso ocorram fraudes nos processamentos eletrônicos a partir da implantação, no próximo dia 22 de abril, do novo Sistema de Pagamentos Brasileiro.O diretor superintendente da CIP, Paulo Mallmann, diz que, se constatado roubo envolvendo funcionários da Câmara, haverá seguro como garantia. Ele afirmou que do capital da CIP (cerca de R$ 30 milhões) serão destacado R$ 10 milhões para ampliar a garantia dada pelo seguro do Lloyds. Mallmann afirmou que será montada toda uma estrutura de acompanhamento eletrônico para constatar em tempo real se estão acontecendo tentativas de ataque ao sistema eletrônico.Ele disse que a velocidade de processamento dificultará a ação dos hackers. O novo sistema eletrônico que entrará em vigor no dia 22 de abril desestimulará o uso de cheques para valores superiores a R$ 5 mil. Segundo Mallmann, o seguro contra fraudes foi negociado com a seguradora do Lloyds durante oito meses e é o primeiro realizado no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.