Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Corretora Clear lança plataforma de renda fixa para atrair público

Inicialmente, serão oferecidos títulos públicos, por meio do Tesouro Direto, e títulos privados como certificados de depósitos bancários (CDBs)

Cynthia Decloedt, O Estado de S.Paulo

14 Setembro 2016 | 11h39

A Clear, corretora digital do Grupo XP, acaba de lançar uma plataforma de investimentos em renda fixa para atrair parte do público investidor em poupança para alternativas de melhor retorno, mas igualmente conservadoras e seguras. Inicialmente, serão oferecidos títulos públicos, por meio do Tesouro Direto, e títulos privados como certificados de depósitos bancários (CDBs). Até o final do ano, a plataforma contará também com a possibilidade de investimento em fundos.

"Nossa proposta é mudar o hábito de investimento dos poupadores mais conservadores, que buscam conforto e segurança na poupança", diz Roberto Lee, diretor da Clear. Ele lembra que a perda da remuneração da poupança para a inflação provocou uma imensa migração de investidores para a renda fixa no último ano. "Queremos capturar esse movimento", acrescentou.

A corretora também quer direcionar esse público para os dispositivos móveis, de modo que a ferramenta fique vinculada à prática de investimento. Nesse sentido, o aplicativo desenvolvido é bastante amigável, com informações 24 horas por sete dias sobre a evolução diária dos recursos aplicados, o rendimento e o quanto houve de ganho ou perda financeira. O aplicativo mostra também qual a melhor opção de investimento naquele dia, de modo contextualizado.

A Clear entende que para convencer esse público acostumado com a simplicidade e a segurança proporcionada pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) nas aplicações em poupança, é preciso educar esse investidor, ou seja, acostumando-o à dinâmica desses dois títulos primeiramente, antes de migrá-lo para outras opções.

Lee diz que com o lançamento da plataforma renda fixa da Clear, o grupo XP passa a ter duas marcas "de ataque" junto ao público de varejo. No entanto, a diferença é que a Clear tem sua estratégia de negócio totalmente focada ao serviço digital, enquanto a XP Investimentos, ainda que o conceito de shopping de investimento implique a utilização dos serviços online, atende seus clientes de modo personalizado, por meio dos agentes autônomos.

Até agora, a Clear oferecia apenas plataforma de investimento em bolsa, voltado a um público mais sofisticado de investidores. Com o lançamento da plataforma de renda fixa, a Clear espera ver a base de clientes da corretora sair dos atuais 17 mil clientes ativos para 25 mil este ano e o lucro líquido migrar de R$ 5,8 milhões no ano passado para R$ 17 milhões. Em 2017, a expectativa é ter 100 mil clientes ativos em sua base, capazes de elevar o lucro líquido para até R$ 35 milhões.

A Clear foi adquirida pela XP em 2014. Este ano está sendo concluído o processo de fusão operacional, que envolveu a incorporação dos sistemas de ambas e a transferência do processo de pós trade, expertise da Clear, para a XP.

Mais conteúdo sobre:
Renda FixaCorretora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.