Corretora lança serviço personalizado

A Sociedade Corretora Paulista (Socopa) está lançando o Private Banking Socopa, um serviço de atendimento personalizado para o investidor. "Em nossas análises e estudos, descobrimos que o aplicador individual está desassistido no mercado. Cada instituição financeira vende o fundo que administra e não o que atende à necessidade do investidor", afirma Gilberto Biojone, diretor da Socopa e coordenador do novo serviço. O novo serviço da Socopa é oferecido para investidores com aplicação mínima de R$ 100 mil, mediante cobrança de taxa de administração de 0,5% a 1,5%, sobre o patrimônio, conforme o valor aplicado. Antes de passar a utilizar os serviços do Private Banking, o cliente responde a um questionário, e com base nele são definidas as diretrizes da sua política de investimento. Depois, é feita uma avaliação de suas atuais aplicações em relação a essa política de investimento. E, por último, é feita a recomendação para a alocação dos ativos. Após a adoção da carteira de fundos, haverá periodicamente a revisão de cada um. ParceriasPara dar essa assessoria integral ao investidor, a Socopa firmou parcerias e promoveu estudos e análises dos diversos segmentos financeiros nos últimos dez anos. Para isso, associou-se a Thomson Financial Tracker. Foram feitos estudos de cerca de 3.500 fundos de investimento para sua classificação e avaliação do desempenho em relação ao risco e retorno. Em seguida, alguns foram selecionados. Posteriormente, nova parceria foi firmada com o Laboratório de Finanças da Fundação Instituto de Administração (FIA) e Faculdade de Economia e Administração (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) para estudos dos segmentos do mercado. Com base nos dados da Thomson e do Laboratório de Finanças, foram montados cinco perfis de risco, de conservador a agressivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.