Corrida à presidência da Fiesp entra em fase de definições

A campanha para as eleições da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) entra em fase decisiva. O pleito acontece daqui a quatro meses, em 25 de agosto, mas os candidatos Paulo Skaf (oposição) e Claudio Vaz (situação) têm até 25 de maio para fechar e apresentar suas chapas.Segundo fontes da Fiesp, dos 124 sindicatos aptos a votas, há 35 ainda indecisos, o que tem levado os dois empresários a intensificar os contados no interior de São Paulo. Pelo menos 40 sindicatos escolherão nova diretoria até 25 de agosto, uma aposta da situação para mudar o quadro atual, em que Skaf, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), assegura ser o favorito.A partir do edital de convocação das eleições, feito pelo atual presidente da entidade, Horacio Lafer Piva, e cujo prazo-limite é 25 de agosto, os candidatos têm 25 dias para o registro das chapas. Além de presidir a Abit, Skaf é vice-presidente da Fiesp. Claudio Vaz foi diretor regional do Ciesp e é o atual diretor de Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.