Corte no orçamento venezuelano pode variar de 7% a 20%, diz ministro

O governo venezuelano vaiprosseguir com o plano de cortar 7% do orçamento 2002 de US$ 35bilhões e poderá até mesmo elevar esse porcentual para 20% paraevitar uma crise fiscal, disse o ministro de Finanças, TobiasNobrega. "Nós teremos de fazer um corte no orçamento... que poderávariar de 7% a 20%", disse Nobrega a repórteres depois de umencontro com empresários na Fedecamaras, principal associação deempresas privadas da Venezuela. Ele acrescentou que o corte de 7% anunciado em fevereiro pelopresidente Hugo Chávez nunca foi implementado e que areestruturação econômica geral foi incompleta. "Algumas dessas medidas foram limitadas... tal como o corteno orçamento", disse o ministro. "Nós estamos estudando osdados", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.