Cosan avalia opções para financiar compra da Esso

Para pagar os US$ 826 milhões oferecidos pela distribuidora, grupo vai otimizar estrutura de capital

Wellington Bahnemann, da Agência Estado,

24 de abril de 2008 | 12h34

O diretor vice-presidente Financeiro e de Relações com Investidores da Cosan, Paulo Diniz, disse que a companhia ainda estuda alternativas para financiar a compra dos ativos da Esso no Brasil. "Pretendemos otimizar nossa estrutura de capital. Existe a possibilidade que equity investors participem do financiamento. Estamos avaliando a melhor alternativa", disse o executivo em teleconferência sobre a aquisição dos ativos da Esso no Brasil. "Equity investors" são fundos e investidores que compram participações em empresas. A Cosan comprou os ativos da Esso por US$ 826 milhões. Deste valor, a companhia pretende utilizar US$ 310 milhões levantados no aumento de capital realizado no início deste ano. Os outros US$ 516 milhões serão financiados. "Pretendemos manter uma estrutura de capital saudável", afirmou Diniz. Segundo ele, para que a companhia concretize os seus planos de investimento, "a Cosan pretende manter uma parceria construtiva com o mercado de capitais". Diniz também contou que a compra gerou um ágio de R$ 1 bilhão para a companhia. "É um valor bastante interessante no contexto do grupo", disse o executivo.

Tudo o que sabemos sobre:
CosanEtanol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.