Cosan compra rede de postos da Petrosul em São Paulo

A Cosan, maior empresa do setor sucroalcooleiro do Brasil, comprou a rede de postos de combustíveis da Petrosul no Estado de São Paulo, informou a companhia nesta segunda-feira, confirmando rumores que circularam na semana passada.

REUTERS

14 de dezembro de 2009 | 16h40

Segundo curto comunicado da Cosan distribuído à imprensa, o negócio inclui a compra de 83 postos de serviço da Petrosul no Estado, que terão a bandeira mudada para Esso.

A compra não inclui os negócios de distribuição e armazenamento de combustíveis da Petrosul. Não foram informados os valores envolvidos na operação.

"A decisão faz parte da estratégia da empresa de realizar investimentos nas marcas Esso e Mobil e seguir crescendo sua participação nos mercados de combustíveis e lubrificantes", informou a empresa.

A Cosan comprou a rede de postos da Esso no ano passado por aproximadamente 1 bilhão de dólares, incluindo as dívidas da operação brasileira da gigante norte-americana ExxonMobil.

Desde então, ela tem sido ativa na promoção do etanol nos postos da Esso em São Paulo, maior mercado consumidor do produto no Brasil.

O etanol hidratado, utilizado nos veículos bicombustíveis, se tornou o principal combustível consumido no Estado de São Paulo, com vendas totais quase 30 por cento superiores às da gasolina.

(Por Marcelo Teixeira)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSETANOLCOSAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.