Costa: decisão final sobre novo PGO levará dois meses

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, prevê que vai levar "no mínimo dois meses" para ter uma decisão final sobre um novo Plano Geral de Outorgas (PGO) que permitirá a efetivação da compra da Brasil Telecom pela Oi. Costa acredita que o Conselho da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidirá esta semana ou na próxima sobre a minuta do novo PGO, que irá à consulta pública em seguida por um prazo de 30 dias. Depois disso, o ministro fará sugestões ao Conselho consultivo da Anatel sobre mudanças, o que, segundo Costa, levará mais 20 dias.Por fim, Costa levará ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a proposta. "O presidente pode dizer também que não quer", disse Costa, que apontou também a possibilidade de Lula aprovar um novo PGO. Segundo o ministro, a compra da Brasil Telecom pela Oi é de interesse público porque, segundo ele, aumenta a competição e fará com que o Brasil tenha uma grande companhia no setor para concorrer na América do Sul e na África.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.