Costa: não há relação entre Oi e suspeitas contra Dantas

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, reafirmou hoje que não vê nenhuma relação entre as investigações da Polícia Federal contra o banqueiro Daniel Dantas e a fusão de Brasil Telecom (BrT) e Oi. "Não há relação entre os dois processos, até porque este cidadão (Dantas) é um sócio minoritário e está saindo da sociedade e por isso não vejo a menor dificuldade para se continuar o estudo de viabilidade da fusão entre as duas empresas", disse.Segundo Costa, as mudanças no Plano Geral de Outorgas (PGO) partiram da Associação das Empresas de Telefonia Fixa (Abrafix), visando à fusão de empresas. "A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ainda está estudando como este processo pode ser feito e somente quando houver um parecer a mudança será apresentada ao presidente da República", afirmou.Costa assegurou também que o cronograma para avaliar as mudanças na legislação continua em curso e a expectativa é de que seja cumprido. "Em última análise, o presidente da República é quem vai determinar estas mudanças", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.