Costa: novas leis de comunicações precisam de debates

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse ontem à noite, na abertura da Conferência Nacional Preparatória de Comunicações, na Câmara dos Deputados, que os projetos que tratam das novas leis para o setor de comunicações - inclusive as que tratam de temas como a convergência tecnológica - precisam ainda ser debatidos por "pelo menos um ano"."Nós entendemos que precisamos de pelo menos um ano para que possamos nos organizar, Estado por Estado, região por região, para que cada setor discuta as suas propostas e dificuldades. Para que lá na frente, daqui a um ano ou mais nós possamos então receber essas sugestões e encaminhá-las ao Congresso Nacional", disse Costa.A idéia, segundo Costa, á fazer uma espécie de "conferência nacional" para discutir o tema. "Vamos chamar Estado por Estado, região por região", disse Costa, acrescentando que essa conferência seria organizada, em conjunto, pelo Senado, pela Câmara, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e pelo Ministério das Comunicações.A Conferência Preparatória, que começou ontem à noite na Câmara dos Deputados, continua durante todo o dia de hoje e termina amanhã. Na manhã de hoje haverá um debate sobre as políticas de comunicação no ambiente da convergência tecnológica. O ministro Hélio Costa participa da discussão, assim como o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.