Costa pede isenção de ICMS para conversor de TV

O ministro das Comunicações se reuniu nesta tarde com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB) para pedir a isenção de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado sobre os conversores da TV digital, que serão lançados na próxima terça-feira em São Paulo ao preço de R$ 199 para o consumidor. O equipamento é produzido no pólo industrial de Manaus.A isenção de tributos sobre o conversor já foi obtida junto ao governo da Bahia por um período de dois anos e foi pedida também aos Estados da Paraíba e São Paulo. Com a desoneração de impostos, o produto poderá ser adquirido por R$ 150.Hélio Costa disse ter a expectativa de poder anunciar dentro de duas ou três semanas a fabricação dos conversores também em Minas Gerais, que poderão ser produzidos no pólo da Indústria Eletrônica localizado em Santa Rita do Sapucaí, no sul do Estado, ou na Região Metropolitana de Belo Horizonte. "A região de Santa Rita já produz os equipamentos para a exportação, mas não para o mercado interno justamente porque não existe competitividade por causa da cobrança de impostos", argumenta.

RAQUEL MASSOTE, Agencia Estado

11 de julho de 2008 | 19h34

Mais conteúdo sobre:
TV digitalICMSHélio Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.