Cotação do Bitcoin cai ao menor valor em dois meses após roubo na Coreia do Sul

Hackers capturaram cerca de um terço das criptomoedas que eram negociadas pela rede da companhia Coinrail

Associated Press

11 Junho 2018 | 02h59

A bolsa de criptomoedas sul-coreana Coinrail informou nesta segunda-feira, 11, que foi vítima de um roubo virtual. A notícia, divulgada originalmente pela agência Yonhap News, da Coreia do Sul, fez a cotação do Bitcoin cair para o menor valor em dois meses - cerca de US$ 6.780 dólares, ante US$ 7.500 no fim da semana passada.

A Coinrail revelou que hackers capturaram cerca de um terço das criptomoedas que eram negociadas em sua rede - dentre elas estão Pundi X, Aston e NPER. A companhia não informou valores, mas fontes próximas ao caso falaram em perdas equivalentes a US$ 37 milhões.

+++ Bitcoin poderá consumir 0,5% da energia elétrica do mundo até o fim do ano, diz estudo

Os negócios realizados pela Coinrail foram suspensos, e a polícia investiga o suposto crime. A empresa foi criada em setembro do ano passado.

Os investimentos em criptomoedas viraram uma febre na Coreia do Sul, o que levou autoridades locais a buscar regular o mercado. /AP

 

Mais conteúdo sobre:
Bitcoin [moeda virtual] moeda virtual

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.