Coutinho: BNDES não vê gargalos de oferta

O presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse hoje que o banco de fomento não encontrou nenhum gargalo produtivo com potencial impacto sobre preços, em estudo realizado a pedido do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Coutinho contou que Mantega pediu ao BNDES que examinasse potenciais gargalos em cinco setores produtivos. Ele não revelou, porém, quais são esses setores. Mantega esteve reunido com Coutinho e a diretoria da instituição na quinta-feira da semana passada (dia 20), quando os executivos do BNDES lhe informaram não ver gargalos nos setores estudados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.