Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Coutinho: governo quer manter controle da Vale no País

A preocupação do governo é com o interesse nacional, disse hoje o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Luciano Coutinho, sobre a negociação da Vale com a mineradora anglo-suíça Xstrata. "É perfeitamente possível compatibilizar o interesse do governo com o desenho da operação de compra da Xstrata pela Vale", afirmou Coutinho.Ele disse que o governo quer manter o controle perene (contínuo) da Vale no País e quer que o grupo aumente os investimentos nas cadeias minerais do Brasil. O presidente do BNDES contou que ele, pessoalmente, expôs as condições ao presidente da Vale, Roger Agnelli. "O assunto está em discussão", disse. O governo tem poder ou influência na Vale com os votos da BNDESpar (o braço de participações do BNDES) e da Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, o maior acionista individual da Vale). A Bradespar (Bradesco) também é um dos sócios majoritários da Vale.De acordo com Coutinho, a negociação foi precipitada pela compra de parte da mineradora Rio Tinto por chineses. Segundo ele, a estratégia da China tem o objetivo de conter os preços do minério de ferro ao dificultar uma fusão da mineradora anglo-australiana Rio Tinto com a rival BHP Billiton, evitando maior concentração no setor.

ADRIANA CHIARINI, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2008 | 14h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.