CPFL investirá R$366 milhões em energia a partir de biomassa

Os empreendimentos, que utilizarão bagaço de cana-de-açúcar para a geração de eletricidade, serão feitos em parceria com o Grupo Pedra Agroindustrial

Reuters,

23 de março de 2010 | 18h54

A CPFL Energia anunciou nesta terça-feira,23, que irá investir 366 milhões de reais em três projetos de geração de energia elétrica a partir de biomassa.

 

Os empreendimentos, que utilizarão bagaço de cana-de-açúcar para a geração de eletricidade, serão feitos por meio das subsidiárias CPFL Bio Buriti, CPFL Bio Ipê e CPFL Bio Pedra, em parceria com o Grupo Pedra Agroindustrial, informou a companhia em comunicado.

 

A potência instalada das três usinas será de 145 MW. Do total, 88,63 MW irão para a própria CPFL.

 

A entrada em operação comercial das usinas termelétricas Bio Buriti e Bio Ipê está prevista para junho de 2011 e da Bio Pedra para abril de 2012.

 

No último dia 2, o presidente da CPFL Energia, Wilson Ferreira Júnior, afirmou em teleconferência com analistas e investidores que anunciaria em breve um novo investimento no segmento de geração. (Por Carolina Marcondes)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.