Credit Suisse anuncia prejuízo de US$ 2,11 bi no 1º tri

Banco registra US$ 5,2 bi em baixas contábeis ligadas a ativos imobiliários; perdas foram maiores que o esperado

Agência Estado,

24 de abril de 2008 | 06h04

O banco Credit Suisse anunciou nesta quinta-feira, 24, um prejuízo líquido no primeiro trimestre, após registrar 5,3 bilhões de francos suíços (US$ 5,2 bilhões) em baixas contábeis por causa de uma grande aquisição de empréstimos e ativos imobiliários. O banco disse que sua perda líquida nos três primeiros meses do ano foi de 2,15 bilhões de francos suíços (US$ 2,11 bilhões), após ter registrado um lucro líquido de 2,7 bilhões de francos suíços no mesmo período do ano anterior.  Veja também: Cronologia da crise financeira  Entenda a crise nos Estados Unidos   O resultado ficou muito acima das estimativas dos analistas, que previram uma perda líquida de 1,23 bilhões de francos suíços (US$ 1,21 bilhões). "Nossos resultados foram claramente insatisfatórios no primeiro trimestre", afirmou o chefe executivo do Credit Suisse, Brady Dougan, em nota.O banco não forneceu uma estimativa específica, mas expressou confiança de que se beneficiaria por ser visto como porto seguro em meio aos mercados voláteis.As ações do banco, que tinham caído 43% nos últimos 12 meses, fecharam cotadas em 53,55 de francos suíços no pregão de quarta-feira, 22, da bolsa, possibilitando ao banco uma capitalização de 61,6 bilhões de francos suíços (US$ 60,6 bilhões). As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
Credit SuisseCrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.