finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Credit Suisse nega envolvimento em esquemas ilegais

O banco Credit Suisse Brasil divulgou comunicado em que nega o envolvimento em esquemas de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no País e diz que se defenderá "de maneira vigorosa" contra as acusações."O banco nega veementemente as alegações que têm sido veiculadas na mídia local de que estaria envolvido em esquemas ilegais. O Credit Suisse adota os mais altos padrões éticos e segue diretrizes rigorosas de compliance que proíbem qualquer contato com doleiros", diz o comunicado.A Polícia Federal investiga a possível participação de bancos suíços em lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A investigação da PF começou em 2006. Em abril deste ano, os policiais federais deflagraram a operação Kaspar 1, que atingiu o banco Credit Suisse. Nesta semana, a operação Kaspar 2 atingiu o também suíço UBS, com a prisão de um funcionário da instituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.