carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Crédito a grande empresa cresce

Uma das surpresas que começam a surgir nos balanços dos bancos é a retomada dos empréstimos por parte das grandes empresas. No Bradesco, o desempenho desses clientes no primeiro semestre foi responsável pela revisão do crescimento da carteira de crédito do banco para 2008. Antes, o intervalo ia de 21% a 25% e agora se espera um avanço entre 24% e 29%.Segundo o presidente da instituição, Márcio Cypriano, a expectativa é de que empréstimos e financiamentos para as grandes companhias tenham crescimento entre 22% e 30%. A estimativa anterior era entre 10% e 15%. "O desempenho dessa carteira de crédito ficou acima de nossas expectativas. As empresas estão tomando dinheiro para ampliar suas plantas", explicou Cypriano, referindo-se a um trabalho feito pela área técnica do banco que mostra a intenção das empresas de continuar investindo, apesar da alta dos juros.O executivo diz, ainda, que esse movimento é resultado de um cenário mais adverso do mercado de capitais, que tem dificultado o lançamento de ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nos últimos meses. Até o ano passado, essa vinha sendo a forma preferida de as empresas se capitalizarem a um custo mais baixo.

Renée Pereira, O Estadao de S.Paulo

05 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.