Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Crédito de bancos públicos deve crescer 15% em 2011, diz Altamir

Ritmo de expansão é menor do que o esperado para este ano, mas deve superar o registrado nas instituições privadas nacionais 

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

23 de dezembro de 2010 | 12h24

Instituições financeiras públicas devem continuar liderando o aumento dos empréstimos no próximo ano. Projeção apresentada nesta quinta-feira, 23, pelo chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, mostra que o ritmo de crescimento da carteira de crédito dos bancos públicos deve cair da taxa de 22% esperada para 2010 para 15% no próximo ano.

Mesmo com a queda, a velocidade deve ser maior que a registrada nas instituições privadas nacionais. Para esse conjunto de bancos, a previsão de crescimento das operações caiu de 22% em 2010 para 14% em 2011, ou seja, em ritmo menor que o dos públicos no próximo ano.

Para bancos estrangeiros, a velocidade de expansão dos financiamentos recuou de 13% neste ano para 12% no primeiro ano do governo de Dilma Rousseff.

Altamir explica que a liderança dos públicos deve continuar graças aos volumes expressivos de empréstimos tomados por empresas, nas operações de crédito direcionado - já que o número contempla também o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). "Há muitos desembolsos já contratados e que serão liberados em breve. Há, ainda, volumes expressivos de rolagem de empréstimos contratados anteriormente", afirmou Altamir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.