Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Crédito do Banco Mundial à América Latina será estável em 2008

A concessão de créditos do BancoMundial à América Latina continuará praticamente igual à destede 2007 no ano fiscal de 2008, iniciado em 1o de julho, dissenesta quarta-feira o diretor regional da entidade. A instituição destinou 8 bilhões de dólares paraempréstimos, doações e garantias a países da região no anofiscal de 2007, o que inclui créditos concedidos por suasunidades na área privada. Desse montante, 4,35 bilhões de dólares vieram do BancoInternacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (Bird),que dá assistência a países de PIB médio ou que sejam maispobres, ainda que dignos de crédito. Cerca de 40 por cento de todos os créditos do Bird em 2007foram para a América Latina, especialmente Brasil, Argentina,Colômbia e Peru. "Grosso modo, vejo avançarmos com mais ou menos a mesmaquantia de empréstimos, a não ser que haja uma crise, o queesperamos que não aconteça", disse Pamela Cox, vice-presidentedo Banco Mundial para América Latina e Caribe. "Vemos a demanda muito nos mesmos patamares", disse ela,acrescentando que os gastos provavelmente serão voltados ainfra-estrutura, serviços sociais e gestão pública. Cox deve comparecer no dia 13 a um encontro comercialregional em Lima, que terá como anfitrião o secretário-geral daOrganização Mundial do Comércio, Pascal Lamy. Ela minimizou,porém, a importância desse encontro para o avanço da chamadaRodada Doha do comércio global, e lembrou que a OMC estápromovendo eventos similares em outros continentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.