Crédito imobiliário com poupança cresceu 96% em 2007

As contratações de crédito imobiliário realizadas pelos agentes do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) cresceram 96% no ano passado, para R$ 18,3 bilhões. Em 2006, os financiamentos com recursos da poupança somaram R$ 9,3 bilhões, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).O resultado de 2007 ficou 1,6% abaixo da projeção da Abecip de que o financiamento com recursos da poupança fecharia o ano no montante de R$ 18,6 bilhões em contratações, com crescimento de 100% em relação a 2006. Foram financiadas 195,981 unidades em 2007, 72% a mais que no ano anterior. Em nota, a Abecip informou que o volume financiado superou a marca de 1998, quando o número de unidades foi de 181,8 mil."O resultado da aplicação de recursos consolidou a retomada do crédito imobiliário iniciada em 2003. Este processo baseou-se, principalmente, na estabilidade econômica, recuperação da renda real e maior segurança jurídica das operações, permitindo aos agentes do SBPE a flexibilização das condições de crédito - maiores prazos, juros menores e ampliação da parcela financiada de cada imóvel", divulgou a Abecip, em nota.No ano passado, a captação líquida (depósitos menos retiradas) da poupança foi de R$ 26,49 bilhões. Em dezembro, a captação líquida foi de R$ 8,1 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.