Crédito imobiliário da Caixa cresce 95% e atinge R$ 34,1 bilhões no 1º semestre

Do total liberado, R$ 16,48 bilhões foram destinados ao programa Minha Casa, Minha Vida 

Reuters,

19 de julho de 2010 | 11h03

A Caixa fechou o primeiro semestre com um volume recorde de R$ 34,1 bilhões em crédito imobiliário, em mais de 5,75 mil contratos. O volume é equivalente a um crescimento em valor de 95,1% ante o mesmo período de 2009, informou a instituição nesta segunda-feira.

Segundo o vice-presidente de governo da Caixa, Jorge Hereda, do total liberado, R$ 16,48 bilhões foram destinados ao programa Minha Casa, Minha Vida.

Ainda de acordo com o banco, o montante liberado no primeiro semestre superou todo o volume destinado a moradias no ano de 2008, quando foram emprestados R$ 23,3 bilhões.

Até o final deste ano, a Caixa estima que a aplicação de recursos em crédito imobiliário supere R$ 60 bilhões.

"O desempenho da Caixa em financiamento habitacional é compatível com o atual ciclo de desenvolvimento econômico e de inclusão social do país", explicou a presidente da Caixa, Maria Fernanda Ramos Coelho.

No Estado de São Paulo foram financiados no 1o semestre 128.874 imóveis, em relação as 110.450 unidades em igual intervalo no ano passado.

Em termos de valores houve um aumento de 71,7% em São Paulo, passando de R$ 5,3 bilhões no primeiro semestre de 2009 para R$ 9,1 bilhões na primeira metade deste ano.

Segundo a Caixa, se este ritmo for mantido, até o final do ano o volume de financiamentos habitacionais em São Paulo ultrapassará os R$ 12 bilhões registrados em 2009. 

Tudo o que sabemos sobre:
caixacrédito imobiliáriosemestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.