Crédito imobiliário renova recorde em setembro

Volume de R$ 1,85 bilhão é 137% maior que o registrado no mesmo mês do ano passado

Reuters,

16 de outubro de 2007 | 16h21

Os recursos de poupança destinados ao crédito imobiliário voltaram a bater recorde em setembro, com a concessão de R$ 1,85 bilhão - volume 137% maior que o registrado no mesmo mês do ano passado, informou nesta terça-feira, 16, a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O número surpreendeu o diretor-geral da Abecip, Osvaldo Fonseca, por ter superado a cifra de empréstimos para o setor de habitação em agosto, quando foi concedido R$ 1,8 bilhão. Segundo Fonseca, agosto costuma ser um mês de demanda mais pesada do que setembro. No acumulado dos nove meses do ano, o crédito imobiliário com recursos da poupança soma R$ 12,18 bilhões. "Não dá nem para saber exatamente de onde vem essa oscilação. É surpreendente e o volume de lançamentos maior talvez seja o norte para isso", disse, acrescentando que o pico no ano deve vir em dezembro, mês em que os 13.º salários e as férias incentivam novas compras de moradia em todo o País. O resultado de setembro representa quase cinco vezes o volume de crédito imobiliário com recursos da poupança concedido em janeiro deste ano, segundo o diretor-geral da Abecip. No período de 12 meses encerrado em setembro, o volume contratado foi de R$ 14,79 bilhões, o que representa uma expansão de 78,2% ante os 12 meses anteriores, segundo a Abecip. Em número de unidades, 18.170 imóveis foram financiados em setembro, levando o acumulado do ano a 135.363 - número 65% maior que nos primeiros nove meses do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
Crédito imobiliário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.