Crédito inadimplente atinge nível recorde

As dívidas ruins mantidas pelos bancos espanhóis atingiram recorde em julho e os saques de depósitos aumentaram, segundo o Banco da Espanha. Os empréstimos inadimplentes subiram para 169,33 bilhões ou 9,9% do crédito total em circulação. Já os depósitos em julho somavam 1,287 trilhão, correspondente a 7,8% menos ante mesmo mês do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.