Crédito pessoal da Caixa com garantia de imóvel atinge R$ 100 milhões no ano

Montante equivale a um crescimento de 66% sobre o volume emprestado durante todo o ano de 2009

Agência Estado,

26 de agosto de 2010 | 15h55

A Caixa Econômica Federal anunciou que os empréstimos por meio do Crédito Aporte Caixa neste ano já somam R$ 100 milhões. O montante equivale a um crescimento de 66% sobre o volume emprestado durante todo o ano de 2009. Por esse produto a instituição oferece crédito pessoal sem destinação específica, tendo um imóvel como garantia. O produto também é conhecido como refinanciamento de imóveis, sem destinação específica - SDE ou home equity.

Segundo comunicado do banco, com taxas de juros a partir de 1,51% ao mês mais TR e concessão de crédito de até 70% do valor do imóvel dado como garantia, esse tipo de crédito costuma ser utilizado por empreendedores autônomos ou sócios de empresas que querem aportar capital para expansão ou melhoria do seu negócio e também por pessoas que desejam recursos de longo prazo.

Embora essa modalidade de crédito esteja disponível desde 1966, a instituição remodelou o produto recentemente para agilizar e simplificar a sua liberação. No caso de imóveis de até R$ 100 mil, o cliente pode ter o crédito liberado apresentando apenas seus documentos pessoais, comprovante de renda e o último carnê do IPTU do imóvel. Como garantia do empréstimo, o interessado deve oferecer um lote urbano (imóvel comercial ou um segundo imóvel residencial), mesmo alugado ou ocupado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.