finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Crédito total no País atinge 32,7% do PIB em julho

Operações oferecidas pelo sistema financeiro do Brasil somam R$ 813,4 bilhões no mês

REUTERS

27 de agosto de 2007 | 10h44

As operações de crédito oferecidas pelo sistema financeiro somaram R$ 813,4 bilhões em julho, o equivalente a 32,7% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central nesta segunda-feira, 27.  Em junho, o volume total do crédito era equivalente a 32,3% do PIB. Levando em conta apenas as operações com recursos livres, o volume em julho era equivalente a 22,9% do PIB.  A taxa média de juros cobrada pelos bancos caiu para 35,9% ao ano, frente a 36,7% em junho. O spread bancário - diferença entre a taxa de captação dos bancos e a cobrada dos clientes - passou para 25,1 pontos percentuais, frente a 25,8 pontos no mês anterior.  Para as pessoas físicas, os juros médios praticados em julho foram de 47% ao ano, ante 47,8% em junho. Para as empresas, a taxa média foi de 23% ao ano, frente a 23,7% no mês anterior.  Inadimplência A inadimplência das operações de crédito livre ficou estável em 4,7% no mês, acumulando que de 0,3 pontos porcentuais no ano.  Nos empréstimos das pessoas físicas, a inadimplência também ficou estável, em 7,1%. Nos empréstimos às empresas, a inadimplência foi reduzida, em julho ante junho, de 2,5% para 2,4%. O prazo médio dos empréstimos sem direcionamento obrigatório aumentou em julho ante junho de 329 para 331 dias. No ano, o prazo médio dessas operações está com uma alta acumulada de 35 dias.  Base monetária A base monetária (papel moeda emitido mais reservas bancárias) teve expansão de 2,9% na média em julho. Com a alta, o saldo da base monetária, pelo conceito de média, aumentou de R$ 113,195 bilhões em junho para R$ 116,458 bilhões em julho.  Em 12 meses até julho, a base monetária pelo conceito de média tem expansão acumulada de 21,9%. O valor do saldo da base em julho ainda está dentro do intervalo de variação da base monetária fixado pelo Conselho Monetária Nacional para o terceiro trimestre do ano, entre R$ 100,3 bilhões e R$ 135,8 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BACENCREDITOJULHO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.