Credores da Grécia consideram abrir mão de lucro do BCE para cortar dívida

Os credores internacionais da Grécia estão considerando fazer o Banco Central Europeu (BCE) abrir mão de 9 bilhões de euros em lucros sobre sua parcela da dívida grega como parte das opções para tornar a dívida do país sustentável, afirmou uma fonte do Ministério das Finanças da Grécia nesta sexta-feira.

Reuters

23 de novembro de 2012 | 08h20

Os credores também estão considerando cortar a taxa de juros e ampliar os vencimentos sobre os empréstimos, assim como uma recompra de 10 bilhões de euros de dívida pelo governo, afirmou a fonte à Reuters.

O Ministério das Finanças do país já iniciou os procedimentos para fazer a recompra de dívida, que pode ser concluída até o final do ano se os ministros das Finanças da zona do euro aprovarem a medida, disse a fonte.

(Reportagem de Lefteris Papadimas)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGRECIABCEPLANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.