Divulgação
Divulgação

Cresce 188% número de automóveis em recall

Entre janeiro e novembro, 2,7 milhões de veículos foram chamados em campanhas de recall, contra 963 mil em 2014; principal problema foi com airbag

O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2015 | 15h44

O número de automóveis participantes de campanhas de recall cresceu 188% em 2015, considerando os meses de janeiro a novembro em comparação com o mesmo período de 2014.

Foram atingidos 2.783.979 automóveis em 106 campanhas em 2015, contra 963.802 veículos em 83 campanhas em 2014. Os dados são de levantamento feito pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. 

O principal problema enfrentado foi com airbag, respondendo por 20 campanhas e 1.363.718 veículos afetados. Segundo o Procon-SP, houve uma falha com um fornecedor mundial de airbags que atende a montadoras brasileiras. O assessório apresentou erro no dispositivo de disparado, o que libera fragmentos contra os ocupantes do automóvel.   

Vejas as montadoras que mais realizaram recall em 2015:

Mercedes-Benz: 9 

Volkswagen: 8

Jeep: 6

Land Rover: 6

O que é recall? O recall é um chamado que as empresas fazem quando um produto ou serviço apresenta um defeito que coloque em risco a saúde e a segurança do consumidor. O objetivo é corrigir problemas e prevenir acidentes. A medida está prevista no artigo 10 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Mais conteúdo sobre:
Recall

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.