Cresce ameaça de novo locaute ruralista na Argentina

Produtores rurais e governo da Argentina suspenderam as conversas hoje à tarde, que tinham o trigo como pauta principal. Segundo um porta-voz da Confederação Rural de Buenos Aires e La Pampa, os agricultores recusaram a agenda de negociação proposta pelo governo. Um novo encontro foi marcado ainda para esta noite.A suspensão marca mais um fracasso nas conversas com o objetivo de evitar uma nova paralisação rural, como a ocorrida no mês passado. O último locaute durou três semanas, provocou problemas de desabastecimento e bloqueou as exportações argentinas.Produtores prometeram voltar a fechar estradas pelo país a partir de 2 maio caso não haja um acordo. Eles protestam contra o aumento dos impostos sobre exportações agrícolas. As autoridades argentinas já disseram, contudo, que uma revisão da medida está fora da mesa de negociação. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.