Cresce interesse de investidor por fundos IGP-M

Assustado com as constantes variações nos mercados brasileiros, o pequeno investidor tem buscado outras opções no mercado, como os fundos atrelados em índices de inflação. Alguns fundos, como o ABN-Amro IGP-M, até o dia 9 de outubro captaram mais do que no mês anterior, de acordo com dados do site Fortuna (ver link abaixo).Segundo a diretora do Instituto Brasileiro de Certificação de Planejadores Financeiros (IBCPF), Márcia Dessen, esse é um bom investimento de longo prazo. "No longo prazo evita-se o sobe-e-desce do mercado e o investidor acaba tendo um menor risco", disse.Em outubro, a carteira do ABN-Amro lastreada em papéis que acompanham o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) captou R$ 25 milhões. Em todo o mês de setembro, esses fundos haviam captado apenas R$ 8 milhões.Outro fundo de inflação, o Fundo de Aplicação Boston Inflation Index, teve captação líquida até 9 de outubro de R$ 222 milhões contra R$ 162 milhões em todo o mês anterior. Um dos fundos novos do mercado, o Fundo BBA Patrimônio, teve depósitos de R$ 8 milhões em outubro e, em setembro, de R$ 6 milhões.Atentas a essa movimentação, as administradoras lançaram cinco carteiras atreladas ao IGP-M nos últimos três meses. Veja, abaixo, algumas opções de investimento em fundos de inflação e os seus rendimentos.InstituiçãoFundoRendimento outubro (%)Rendimento setembro (%)Investimento mínimoTaxa de adm. (%)BankBostonFundo Aplicação Boston Inflation Index1,363,17R$ 1 mil1,20Banco do BrasilBB Fix Índice Mercado Especial0,953,12R$ 20 mil1,5ABN-AmroABN-Amro IGP-M1,603,77R$ 100 mil0,50BBAFundo BBA Patrimônio2,253,68R$ 10 mil0,40CEFCaixa FIF Capital de Inv. Fin.1,672,01R$ 1 mil2,00WestLBWestLB Fix Inflation FIF1,363,26R$ 70 mil0,50Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.