Cresce nos EUA a oposição à Alca, diz jornal

O jornal Los Angeles Times publicou nesta segunda-feira uma reportagem dizendo que cresce a oposição contra a criação da Área de Livre Comércio das Américas (Alca), tanto dentro dos Estados Unidos quanto em países da América Latina. Nos Estados Unidos, diz o jornal, a maior oposição vem de setores agrícolas, como os produtores de açúcar, mas também de sindicatos e democratas. A resistência desses setores agrícolas, justamente os mais protegidos nos EUA tornou "céticos em relação ao acordo até mesmo governos simpáticos ao livre comércio como os do Brasil e da Argentina", diz Los Angeles Times. Já os governos eleitos recentemente na América Latina, segundo o jornal, têm inclinações para esquerda e se opõem ao livre comércio. Para alguns especialistas citados pelo diário, seria melhor se os Estados Unidos declarassem que a Alca está morta. Segundo eles, o melhor caminho será investir nas negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.